Dra. Manuela Ricardo

Queremos que nos conheça melhor, e continuamos a apresentar-lhe a equipa de profissionais que faz a Clínica Parque da Cidade. A Dra. Manuela Ricardo cresceu “Numa linda cidade à beira mar, onde as ruas são numeradas, Espinho”, e faz parte da equipa fundadora da clínica. Falámos com ela para saber um pouco mais.


Uma memória de infância?  

Das férias grandes passadas em casa das minhas avós, na Granja do Ulmeiro, em Coimbra e no Norte de Espanha com os meus Pais e com a minha Irmã. Na Granja passava os dias a andar de bicicleta, a percorrer a aldeia, a passar no meio dos arrozais, e depois a comer as delícias feitas pelas minhas avós : batatas fritas com ovos estrelados, arroz doce, doces de canela. Em Espanha passava todo o dia na praia e na piscina, não precisava de mais nada, adorava.

 

Em criança queria ser dentista ou a medicina dentária teve que concorrer com a bailarina, a bombeira, a astronauta?

O meu sonho de criança era ser Oceanógrafa, até me custava soletrar a palavra. Lembro-me de ver, com o meu Pai, os programas do Jacques Cousteau, queria fazer parte da equipa dele, sempre adorei o mar, e era uma forma de conhecer todos os seus mistérios. Mas foi o Dr. José Maria Corte-Real  o responsável pela minha paixão pela Medicina Dentária, ele era uma pessoa excepcional: um excelente médico e uma pessoa maravilhosa. Foi meu Médico Dentista desde miúda, e desde o início que me disse que eu iria para Dentária, até que realmente entrei no curso e a partir daí sempre o acompanhei. A paixão dele pela Medicina Dentária contagiou-me de imediato.

 

O que é que a fascina na medicina dentária?

A combinação de vários ingredientes fundamentais, desde a promoção da saúde, à inter-relação pessoal e a estética. O retorno de um sorriso é mágico e a devolução  da capacidade de mastigação  é um dever cumprido.

 

Exerce a sua atividade em três áreas da Medicina Dentária – Implantologia, Periodontologia e Reabilitação estética – Porquê estas três?

A Implantologia é a minha paixão, pois é a área da Medicina Dentária que, para mim, faz a combinação perfeita dos ingredientes fundamentais. Para além da combinação da área cirúrgica que eu adoro. A Periodontogia é a base de todos os tratamentos, desde o mais simples ao mais complexo. Essencial para o sucesso e para a manutenção dos nossos tratamentos. Daí a importância da cooperação no paciente em casa. E a Reabilitação Estética é responsável pelo sorriso.

 

Como foi a sua entrada para a Clínica Parque da Cidade?

Sinto um enorme orgulho em poder dizer que fiz parte da primeira equipa do Dr. José Maria Corte-Real, o meu Mestre.

 

Quais são os valores comuns da Clínica Parque da Cidade que mais admira?

A excelência e qualidade da clinica, resultado de uma equipa fantástica e de umas instalações fabulosas. Tenho que realçar o alto nível de formação dos meus colegas e o excelente relacionamento entre nós, desde a partilha de conhecimento, relação interpessoal. O mesmo se passa com as assistentes, recepcionistas, toda a equipa. Sinto-me muito feliz de estar a trabalhar aqui.

 

Qual é o conselho que mais dá aos seus pacientes, e porquê?  

Acho que sou muito exigente com a cooperação dos nossos pacientes. A escova, o fio dentário, o jacto de água, os escovilhões têm que ser usados diariamente. Só assim é que garantimos o sucesso e a manutenção dos nossos tratamentos.

 

Livro

“Memorial do Convento” de José Saramago, uma escrita viciante,  e umas personagens fantásticas: Blimunda uma força de mulher, e o amor incondicional entre ela e Baltazar Sete Sóis. Fantástico.

 

Disco

São tantos…, mas  “All This Time” de Sting, acho que é o CD que mais me acompanha, desde há décadas..

 

Filme

Mais recente “Silêncio”, parece que ainda estou naquela história… mas há os filmes intemporais, “Música no Coração”, “Cinema Paraíso”, “Silêncio dos Inocentes “que, também me acompanham sempre…

 

Série de TV

Não vejo, não me quero viciar…Lol

 

Aventura

Surf, Snowboard

 

Hobby

Ouvir música, ler.. 

 

Praia ou neve?

Praia, com uma mar maravilhoso

 

Saudades de?

Humm… todas as memórias aqui partilhadas, e ficar na praia até as 20:00, bolas de Berlim quentinhas, rapar o arroz doce do tacho… e mais algumas trancadas no meu coração

 

ERS: E119722

Agendar Consulta!