Medo do dentista? Já não se usa!

Marcar uma consulta no dentista é, para alguns, motivo de grande ansiedade. O aumento do ritmo cardíaco quando pensa em “fazer uma visita ao consultório” ou a sensação de extremo desconforto no momento em que imagina o barulho de uma broca dentária são sintomas de fobia de dentistas.

Existem várias razões para se ter medo de expor a nossa boca e deixá-la à mercê de tratamentos que, inúmeras vezes, causam dor. Mas não desanime quem já experienciou este tipo de pânico, existem soluções!

Antes de mais, considere o seu dia-a-dia sem uma dentição saudável: não poder mastigar os alimentos mais desejados, sorrir sem dentes ou não conseguir pronunciar corretamente as palavras. Se pensar nestas e noutras adversidades, com certeza perceberá que os benefícios de uma ida ao dentista superam os medos que possam existir.

Procure conversar com o seu dentista. Fale das suas apreensões e receios. Aqui, na Clínica Parque da Cidade, os médicos explicar-lhe-ão quais os tipos de tratamentos recomendados para o seu caso, bem como os detalhes dos procedimentos a realizar, entre outras dúvidas que possa ter.

Se ainda lhe resta algum ceticismo em relação aos dentistas experimente:

  • Marcar a consulta para o próprio dia ou dia seguinte; assim existe menos tempo para fomentar a ansiedade.
  • Agende a ida à Clínica numa altura de relaxamento. A pressa gera inquietação, o que pode agravar o receio inicial.
  • Esclareça todas as dúvidas em relação aos métodos utilizados pelo médico.
  • Enfrente o seu medo com naturalidade e frontalidade.

A maior parte dos pacientes vence este problema no final dos tratamentos. O dentista não é um bicho-de-sete-cabeças e os resultados finais são sempre satisfatórios.

Agendar Consulta!